• Lu Vieira

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

Bem, como já dizia Raul Seixas, eu prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ficar agarrada às coisas antigas.



Hoje, estou iniciando uma nova era no meu blog. Passo a escrever sobre outros assuntos além do inglês.

Não pensem que estou perdendo ou mudando o foco. O blog do inglês continuará ativo e sendo nutrido com novos posts na aba INGLÊS do menu. Afinal, eu amo fazer isso. Porém, eu também amo escrever e "filosofar" (não no sentido literal da palavra) sobre outros assuntos.


Camões foi uma das minhas paixões na adolescência e com suas palavras encerro este post da anunciação da leve mudança, ou deveria dizer, do acréscimo que o blog está recebendo!



Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades, Muda-se o ser, muda-se a confiança: Todo o mundo é composto de mudança, Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades, Diferentes em tudo da esperança: Do mal ficam as mágoas na lembrança, E do bem (se algum houve) as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto, Que já coberto foi de neve fria, E em mim converte em choro o doce canto.

E afora este mudar-se cada dia, Outra mudança faz de mor espanto, Que não se muda já como soía.

Luís Vaz de Camões, in "Sonetos"


:-)