• Lu Vieira

Vale a pena estudar inglês nos Estados Unidos?

Vira e mexe alguém me pergunta se vale mesmo a pena estudar inglês nos Estados Unidos ou em algum outro país falante da língua inglesa. Bora esmiuçar a ideia?

Vamos imaginar o seguinte cenário: você faz aulas de inglês com uma hora de duração de duas a três vezes por semana. Total de 8 a 12 horas/aulas por mês. Sua agenda semanal é coberta por trabalho, estudos, família e outras coisas. Você não usa inglês no trabalho, na faculdade e muito menos em casa. Podemos ainda dividir esse cenário em dois outros: você é super dedicado, faz toda a lição de casa, busca ter contato com a língua diariamente seguindo todas as dicas do teu professor (música, filmes, falar sozinho, escrever frases, histórias etc.), não perde uma oportunidade sequer de gastar o inglês que já tem, ou então, você não tem tempo para nada disso e faz do jeito que dá.


Agora, imagine-se em um contexto onde você só estude inglês. Seu dia começará e terminará com você imergido no idioma. Passará de 4 a 6 horas diárias na escola e quando for para casa dedicará pelo menos mais uma hora do seu dia fazendo homework, projetos etc. Só aí já são pelo menos 25 horas de estudo por semana. No resto do seu dia, você estará envolvido com atividades como ir ao museu, mercado, cinema e de quebra, você ainda passará tempo com os amigos que fez na escola (que muito provavelmente não falam português) tendo a oportunidade de praticar inglês o tempo todo.


Se vale a pena estudar inglês fora? Sim. Vale muito a pena! Você estará concentrado em uma só atividade: aprender inglês.

Porém, o quanto você vai absorver do tempo que estará fora estudando, depende de você.

Se você estiver disposto a aprender, progredir e destravar de vez, você irá! Se vestir a camisa e lembrar que não está ali à toa, todo o seu investimento vai valer a pena.


RESSALVA: Não estou dizendo que estudar no próprio país não funciona! Eu aprendi inglês sozinha sem nunca ter viajado para fora e ensinei muita gente ao longo desses 20 anos de profissão, portanto, funciona. A ideia aqui é mostrar que estudar fora também funciona e que pode ser uma maneira mais rápida de se aprender.


:-)


#estudaringles #estudaringlesnosestadosunidos